Tempo de Mulher – Benefícios do Coco… e que tal em forma de manteiga?

Que gafe! Que gafe!!!

Acabo de preparar uma nova leva de Manteiga de Coco e me dei conta de que nunca nunquinha mostrei pra vocês aqui, a matéria sobre essa delícia e os benefícios do coco para nossa saúde, que escrevi pro Tempo de Mulher.

Manteiga-de-Coco

Gente, manteiga de coco é vida!! Eu ensinei direitinho como fazer, é só clicar aqui!

Anúncios

Vai ter Mingau!

Não posso nem justificar esse vício com uma linda historinha de infância, contando que quando como, lembro das noites em que minha mãe preparava pra mim antes de dormir porque seria a maior balela e ela lê o Blog e é daquelas que desmentem a pessoa sem dó. Nunca descobri o porquê, mas minha mãe nunca me deu mingau. Aliás… Mãe, por que você nunca me deu mingau?

Eis que depois de grande, buscando alternativas saudáveis que atendam ao meu gosto gordinho, descobri a magya de um bom mingau. 

Ele esquenta, dá uma super saciedade e tem gostinho de “porcaria”. Mas não é!

A aveia, que é a base desse mingau, é um carboidrato complexo, aquele que tem absorção mais lenta pelo nosso organismo, garantindo saciedade por mais tempo. E outra: também é riquíssima em fibras.

Agora que o frio está começando a pegar – e, enganam-se vocês irmãos gaúchos achando que o frio só cola aí, porque aqui em Sampa, vou TE dizer – o mingau vem me parecendo a melhor opção pro jantar. E faço de tudo que é jeito. E tenho me inspirado nos times da Copa para dar diferentes sabores ao meu mingau de cada dia. Quer ver?

Mingau de Abóbora (Moranga) para homenagear o time da Holanda:

MINGAU

Tá medonha a apresentação do prato, então toma!

mingau-de-moranga

Robin van Persie

Ingredientes

– 30 gramas (1/3 de xícara) de aveia;

– 80 ml de leite de coco, ou de amêndoas, ou desnatado. Ou até água…

– 40 gramas de abóbora japonesa (moranga) cozida com gengibre e esmagada;

– 1 colher de sopa de sucralose;

– 1/2 colher de sopa de canela em pó;

– noz moscada a gosto;

– pimenta-do-reino em pó a gosto.

#comofaz

Colocar todos os ingredientes numa panela e mexer em fogo baixo sem parar até engrossar. Pra mim demoram uns 7 minutos. 

Dá pra finalizar com um fio de mel, fica sucesso.

 

Mingau de Chocolate para homenagear os times da Bélgica e da Suíça 

MINGAU-DE-CHOCOLATE1

Tá feinho também, né… então pra dar uma ajudada…

Soccer - FA Community Shield - Chelsea v Manchester City - Villa Park

Eden Hazard – Bélgica

mingau-de-chocolate

Roman Burki – Suíça

Ingredientes

– 40 gramas (1/3 de xícara) de aveia;

– 80 ml de leite de coco, ou de amêndoas, ou desnatado. Ou até água…

– 30 gramas de batata doce cozida e esmagada;

– 1 colher de sopa de cacau em pó;

– 5 gotas de essência de chocolate (opcional);

– 1 colher de sopa de sucralose;

– 1/2 colher de sopa de canela em pó.

#comofaz

Colocar todos os ingredientes numa panela e mexer em fogo baixo sem parar até engrossar. Pra mim demoram uns 7 minutos. 

Dá pra finalizar com gotas/lascas de chocolate meio amargo ou alfarroba, fica sucesso.

 

Mingau com Abobrinha Italiana para homenagear o time da Itália

mingau-aveia-abobrinha

Esse até que tá bonitinho, mas já que é pra falar de beleza, aí vai!

Captura de tela 2014-06-20 às 01.45.31

Pablo Osvaldo

mingau-de-abobrinha-italiana

 Andrea Barzagli

e… SOCORRO!!!!!

Italy Training Session & Press Conference

Claudio Marchisio

Ingredientes

– 40 gramas (1/3 de xícara) de aveia;

– 1/3 de xícara de abobrinha italiana ralada;

– 1 colher de sopa de Sucralose em pó;

– 1 colher de chá de essência de baunilha;

– 2/3 de xícara de água (ou leite desnatado);

– 2 claras de ovo.

#comofaz

1- Coloque todos os ingredientes em uma panela, exceto as claras, e cozinhe por 3-4 minutos, mexendo sempre;

2 – Acrescente as claras enquanto mexe e cozinhe por mais 2-3 minutos;

3 – Faça a cobertura e decore com o que quiser.

Estou urgentemente precisando, pelo motivo abaixo, fazer uma versão brasileira de mingau. Alguma ideia?

VAI-TER-HULK

HULK

Eu já havia falado do Mingau por aqui no inverno passado. E você também pode ver aqui e aqui e aqui, as versões de Mingau de Forno que faço.

Boa Copa meninas! Bom Mingau meninas!

Feriado, pra que te quero…

Pra acordar tarde, sem peso na consciência.

Pra fazer um breve aeróbico em jejum.

Pra tomar café da manhã ao meio dia.

Pra ir à academia de bike sem me preocupar em ser atropelada na Santo Amaro.

Pra executar cada exercício com calma, atenção e… dor.

Pra relaxar por 5 minutos na cadeira de massagem da academia, após o treino, ouvindo The Lucky One de Au Revoir Simone ♥.

Pra voltar da academia de bike sem me preocupar em ser atropelada na Santo Amaro.

Pra preparar cuidadosa e descansadamente meu almoço saudável.

foto 2 (3)

Pra me deliciar com uma tâmara gigante de sobremesa, prestando atenção na sua textura e doçura.

Pra preparar um chá de goji berry e gengibre e deixá-lo em infusão o tempo necessário para desfrutar de todo o aroma e nutrientes.

Pra passar alguns convites de programas bacanas pelo simples fato de querer ficar em casa com minha gata. Só com minha gata. Só com minha gata.

Pra assistir os times magya da Inglaterra e do Uruguai fazendo pra mim mesma os mais cabíveis comentários sobre o physique dos jogadores.

Pra tomar meu chá de goji berry e gengibre cuidando para que “alguém” não enfie o fuço onde não deve.

foto 1 (3)

Pra atualizar esse canto que tanto amo e tanto tenho abandonado.

Pra pensar, refletir, divagar, sentir, amar.

Pra cuidar de mim.

E pra dividir com vocês a receita desse chá cheio de benefícios 🙂

Chá de Goji Berry e Gengibre:

A Goji Berry é ideal para as mulheres que estão na menopausa, pois alivia o inchaço, trabalha o sistema digestivo e estimula a produção de ‘GH’ – o hormônio do crescimento. Além disso, tem alta concentração de vitamina C. Possui ainda uma grande gama de aminoácidos, elevadas concentrações de vitamina A (betacaroteno), B1, B2, B6 e vitamina E. Quer mais? É rica em ferro, polissacarídeos, fito químicos, e por aí vai… praticamente um remédio!!!

O ideal é consumir a goji berry hidratada, para aproveitar os melhores benefícios da vitamina C. Se você aquecê-la ou desidratá-la, ela só vai manter as suas funções laxantes.

(fonte: Tempo de Mulher)

Já que é melhor hidratá-la, que tal um chazinho?

– Ferva uma xícara de água com a quantidade de gengibre que você aguenta. Eu uso bastante, mais ou menos “meio dedo mindinho”, adoro a refrescância dele. Ahhh e também é um super acelerador de metabolismo. Aumenta a quantidade aí!

– Quando a água estiver em ponto de ebulição, desligue o fogo, adicione 1 colher de gojiberry desidratada e tampe a xícara com um pires, deixando em infusão por uns 20 minutos. Quanto maior o tempo de fusão, mais sabor e nutrientes terá seu chá.

– Adoçar a gosto. Eu resisti e tomei purinho mesmo.

Esse chá pode ser consumido gelado também. Delícia! Mas nesse friozinho que ta fazendo em Sampa, nada melhor do que um quentinho néãm?

chá_de_gojiberry

Bien! Natural Gourmet – Guie-se pelas cores e fique Bien! à vontade!

Há um tempo, ou melhor, um bom tempo, escrevi esse texto para um projeto que acabou não rolando. Mas como o texto ficou tão bom e a dica é tão boa, resolvi publicar no Blog já que isso aqui anda jogado às traças…


Quando se caminha pelas ruas do Itaim Bibi (sempre amei esse nome em segredo) rumo a algum restaurante, diversas tentações se atravessam no caminho, fazendo com que repensemos o destino. Ontem foi assim: rumo ao Ritz, eu e meu namorado Raphael (doravante denominado Pibe) passamos pela frente de um lugarzinho chamado Bien! Natural Gourmet, com uma cara fofa de oi-eu-sou-novo-por-aqui. Tive pequenos chiliquinhos querendo entrar, Pibe foi firme na decisão prévia mas prometeu que iríamos lá amanhã (no caso, hoje). Nada mais oportuno, um restaurante natural pro meu primeiro post na sessão “Natureba” do Destemperados!

Untitled

Então bóra pro Bien!. Já na largada o olhinho brilhou com a decoração digna de Casa Cor. Color blocking, madeira, espelhos, paredes de zinco, vasinhos pendurados no teto de cabeça pra baixo, tubulação aparente, lâmpadas Thomas Edison: I want you all! Right here, right now!

Untitled1

13h15 de sexta-feira, o Bien! está lotado, lógico. Pegamos o bonde andando mas conseguimos sentar na janelinha. Score! Ao sentarmos à nossa linda mesa amarela com cadeiras azuis na janela vem o garçom, e faço a pergunta que não quer calar: “Moço, pronuncia bien ou bien? (o primeiro com sotaque espanhol e o segundo com um charmoso sotaque francês). “É bien”, ele “respuende”, e segue explicando a proposta da casa, inaugurada há exata uma semana. Ele nos entrega o cardápio e explica que primeiro devemos escolher 1 entre os 9 menus funcionais: Jovens, Exagerados, Estressados, Namoradeiros, Esportistas, Lights, Vegetarianos, Hipertensos e Diabéticos. Cada um deles é preparado considerando os nutrientes necessários para cada lifestyle ou restrição. Não é genial?

Untitled2

Escolhido o menu, está tudo resolvido porque cada menu é composto de 01 suco + 01 entrada + 01 prato principal + 01 sobremesa, todos pré-definidos. Um super viva aos cardápios fechados na vida dos indecisos! Me chamou à atenção que o cardápio tinha uma data impressa nele, bem no topo. E não é que cada dia é diferente? Na realidade, são 9 opções de pratos dentro de cada menu que vão sendo aleatoriamente combinados com suco, entrada e sobremesa pra que nunca seja igual. Wow! Um viva à matemática! Eis a descrição para cada menu:

Jovens – Esse menu é composto por ingredientes que combatem os radicais livres

Exagerados – Esse menu é composto por ingredientes que favorecem a eliminação de toxinas

Estressados – Esse menu é composto por ingredientes relaxantes que ajudam a reduzir o estresse

Namoradeiros – Esse menu é composto por ingredientes afrodisíacos que contribuem com a sensação de prazer

Esportistas – Esse menu é composto por ingredientes que proporcionam mais disposição

Lights – Esse menu é composto por ingredientes que possuem baixas calorias

Vegetarianos – Esse menu é composto por ingredientes que ajudam a equilibrar o organismo

Hipertensos – Esse menu é composto por ingredientes que ajudam no controle da pressão sanguínea

Diabéticos – Esse menu é composto por ingredientes que atuam no controle glicêmico

Untitled3

Escolhi o menu vegetariano, já que sou vegetariana, e o Pibe escolheu o menu esportista, já que ele é… sedentário?! Pára tudo! Risadas devidamente dadas, ele se manteve irredutível mesmo eu insistindo pra que ele escolhesse o Namoradeiros… Enfim, logo vieram nossos sucos e entradinhas. O suco do dia era de abacaxi com hortelã (mas podíamos também escolher entre água, chá branco, e mais algum que não me lembro agora… ã, ajuda produção?), e a entradinha era brócolis com cenoura e queijo tofu, que vieram bem, digamos… destemperados, com o perdão do inevitável trocadilho, pra cada um acrescentar o sal e/ou azeite de oliva conforme seu gosto.

Untitled4

Nossos pratos levaram um tempinho pra chegar, mas isso não nos incomodou já que usamos o tempo pra tirar umas fotinhos dos detalhes do Bien!. Verdade seja dita: como é bom ter um bom motivo pra tirar fotos e não ser injustamente acusada de viciada em Instagram.

Untitled5

Como não amar os temperinhos pendurados no teto? Animei fazer um DIY!

Untitled6

Algum tempo depois, nossos pratos principais chegaram. O meu, uma deliciosíssima omelete marguerita, cuscuz marroquino com legumes e ervilhas refogadas.

Untitled7

E o do meu “esportista”, que pelo que ele disse, também estava muito bom, cação com molho de coco, cuscuz marroquino com legumes e ervilhas refogadas.

Untitled8

E então, a sobremesa, que por um acaso do destino não estava disponível conforme nossos menus prometiam. Ao contrário das faladorinhas da mesa ao lado (alguém avisa a elas que não precisa falar TÃO alto???), não criamos caso e aceitamos o que eles estavam oferecendo: maçã quente à calda de canela e nozes com sorvete de baunilha. Yummy!

Untitled9

Não preciso nem dizer que gamei no Bien!, né? Eu fico toda exibida quando tem comidinha especial pra mim. O Pibe também gostou muito, então, com certeza voltaremos muitas vezes mais pra conhecer as outras 3282845032 combinações de pratos. Quem sabe na próxima ele vai de Namoradeiros… E cada menu completo custou R$ 48,90 reais (+10% de serviço), o que achei um valor justo considerando os ingredientes de alta qualidade, localização e proposta original.

Bien! Natural Gourmet

Rua Pedroso Alvarenga, 937, Itaim Bibi – São Paulo – SP

www.restaurantebien.com.br

Aceitam todos os cartões

A viagem de uma engenhoca

Sento. Cruzo a perna em índio em cima da cadeira. Fecho os olhos. Respiro. E começo a escrever.

Por onde andava essa inspiração rebelde que vai e vem a hora que quer? Ah… em Nova Iorque, entendi.

Pois fui lá e catei ela de volta em custosas duas semanas de muito frio, muita comida, muita arte, muita neve, muitas emoções, muitos pensamentos, muitos sentimentos, muita cabeça ao vento (e que vento!), muita música, muita saudade, muito pé molhado, congelado, muitas decisões, muitos arrependimentos, muito tudo, tudo muito (pouco tempo).

Em meio a esse turbilhão todo, estava lá ela, bem acomodada e carinhosamente me esperando na casa de uma amiga querida, responsável por uma parte (alegre) dessas emoções todas. Estava lá ela, a fantástica Máquina De Fazer Espaguete De Legumes.

Ainda no Brasil, eu havia comprado no Amazon e enviado pra casa dessa minha amiga querida, Stê, que mora em Nova Iorque, pra evitar os vergonhosos impostos de importação que a nossa excelentíssima presidenta… (OK não vamos entrar nesse mérito) nos faz pagar, já que em início de fevereiro eu embarcaria nessa viagem, repito, viagem, e poderia resgatar a engenhoca pessoalmente.

No último dia da minha estada na Grande Maçã, abaixo de neve e quase carregada pelas correntes de vento que cortam uma a uma da 1a à 9a Avenida, fui buscar a queridinha da vez. Para minha aflição, minha amiga deixara no porteiro a caixa solta, acompanhada da outra caixa (que renderá um outro post em breve), SEM ensacar. Claro, ela não precisa pensar em tudo e eu, avoada, também não havia me dado conta da necessidade de uma sacola plástica grande o bastante para abrigar as duas caixas. Vai lá a Thaís na neve, no vento, nas já saudosas últimas horas na Cidade, Upper West afora, equilibrando as duas caixas consideravelmente volumosas até a estação de metrô mais próxima (que parecia bem mais próxima quando não haviam as caixas). Por momentos, amaldiçoei minha pãodurisse, imaginando que além dessa pequena pouca praticidade, ainda teria que arrumar lugar na mala pras duas novas aquisições, e concordem comigo, há de ser feitos grandes rebolados para voltar com a mala dentro do limite de 32 kgs permitidos pelas companhias aéreas. Chegando no metrô, aliviada, descanso com as duas caixas ao meu lado. Mas não me dando por vencida, resolvo levá-las pra passear no shopping, praquelas comprinhas de última hora que toda mulher que me lê, entende que são de extrema necessidade, ainda mais se tratando de Nova Iorque, onde comprar até O.B. é mais vantagem do que comprar na nossa Pátria Amada. Além do metrô, as caixas conheceram o Whole Foods, a Times Square, viram logo ali o Central Park, enlouqueceram na Forever 21 e botaram a Duane Reade abaixo! Não posso deixar de mencionar que nesse percurso, revezaram o acolhedor colinho de uma outra amiga querida, Lilian, que me acompanhou nas compras.

(Tá, cansei e provavelmente não sou a única).

Aí cheguei no hotel, enfiei a bendita na mala e voltei pro Brasil.

Já em casa com os 3 kgs que trouxe na pansinha como souvenir (sorte que pra esses não tem que pagar excesso, senão além de #entaladanoavião, voltaria pobre), hora de fazer a máquina render a mão de obra!

Eis a bãm-bãm-bãm!

Imagem

Claro que essa foto não é minha.

Lembram daquela receita de Spaghetti de Zucchini que contei aqui? Rá! Agora temos uma máquina bárbara pra substituir o arcaico ralador.

Imagem

Tudo que eu fiz foi lavar a abobrinha, cortar as extremidades, engatar na máquina, girar a manivela e vai… 45 segundos depois estava ali o espaguete de abobrinha italiana mais perfeito de todos os tempos! Aí joguei ele na água fervente por uns 2 minutos e deu!

Pega o naipe da minha janta de ontem!

Imagem

Gente, a MDFEDL é simplesmente DEMAIS! Estou tão loucamente apaixonada por ela que me descontrolei e fiz espaguete até de maçã! Claro que não coloquei molho de tomate por cima, rélô-ôu… deixo isso pro mestre Atala. Mas olha que lindo que ficou! Alguém me pare. Sou capaz de espaguetar as coisas mais improváveis. Hohoho.

Imagem

E a pedidos, o mapa da mina: http://www.amazon.com/dp/B0007Y9WHQ/ref=pe_385040_30332190_TE_M3T1_ST1_dp_1

Foi neste link que comprei a minha, é seguro e chegou em uns 5 dias úteis em Nova Iorque. Eles mandam pro Brasil também (acho) mas aí a Dilma leva quase esse valor aí só pra ela, fora o valor do produto. Paguei mais barato do que está agora, paguei 29,00 dólares. Aiaiai…

Feliz em estar de volta ao Blog! Feliz com minha Máquina De Fazer Espaguete De Legumes! Feliz da vida!

Fui fazer espaguete de cenoura. MUAH!